Bill Limited Edition Chardonnay 2013

Bill Limited Edition Chardonnay 2014



clique na imagem para ampliar
 
 

William Cole - Valle de Casablanca, Chile
R$ 310,00


Produto fora de estoque! Quer ser avisado quando este produto estiver disponível?
Avise-me quando chegar
Disponibilidade: Indisponível

Gostou do produto?
Clique aqui e indique este produto para um amigo.

 
Características

Uvas: 100% Chardonnay

Tipo: Branco seco

Vinificação: Uvas produzidas no Valle de Casablanca que está localizado a 28 km do Oceano Pacífico. O microclima fresco deste vale permite que a fruta atinja sua perfeita maturidade, conservando sua acidez e intensidade aromática, dando origem a vinhos de alta qualidade. A colheita foi feita manualmente no início de abril. Fermentado em barricas francesas por 10 dias, depois amadurecido por 10 meses nas mesmas barricas.

Comentários: Cor amarelo palha com reflexos esverdeados. No nariz predominam aromas como abacaxi maduro, papaia cristalizado e toques de mel. O carvalho aportou leves notas de tostado e coco, em perfeita harmonia com a fruta. Na boca é um vinho muito fresco e equilibrado, com notável concentração e de grande persistência.

Avaliação: Guia Descorchados 2014 - 93 pontos

Graduação Alcoólica: 13,0%

Temperatura de Serviço: 10°C a 12°C

Harmonização: ideal para atum grelhado, queijos maduros, lagosta, frutos do mar, peixes com molhos consistentes.

Baixe a ficha completa em *PDF
Baixe o Catálogo Completo da Vinissimo

Produtos Relacionados

 
Acompanhe a Vinissimo
nas principais Mídias Sociais
Formas de Pagamento
Crédito, Débito, Transferência e Boleto Bancário
Segurança
Site 100% seguro
Certificação
Auditoria e Avaliação
Avaliação de Lojas e-bit
 
Se beber não dirija. Aprecie com moderação, é proibida a venda de bebidas alcólicas para menores de 18 anos
Razão Social: Vinissimo Importação Exportação e Comércio Ltda - EPP. CNPJ: 11.399.504/0001-42.
Av. Sagitário, 138, sala 313, torre London, Barueri / SP - 06473-073
Loja em Conformidade com o Decreto Federal 7.962/13 que regulamenta o Código de Defesa do Consumidor